Login alterado

O usuário logado na sessão atual foi alterado em outra aba ou janela. É necessário atualizar a página.

Login alterado

A equipe logada na sessão atual foi alterada em outra aba ou janela. É necessário atualizar a página.

2º Curso de Formação de Professores

Cinquenta anos do golpe e a ditadura civil-militar

100
minutos

CINEMA DOCUMENTÁRIO E HISTÓRIA DO BRASIL: O FIM DA DITADURA CIVIL-MILITAR BRASILEIRA NO FILME "CÉU ABERTO" (1985), DE JOÃO BATISTA DE ANDRADE

Esta aula para o 3° Ano do Ensino Médio pretende abordar o processo de transição política que deu fim à Ditadura Civil-Militar Brasileira (1964-1985) a partir de um diálogo entre o Cinema Documentário e a História. Assim, o objeto fílmico a ser visto e discutido em sala de aula é a obra "Céu Aberto" (1985), do cineasta brasileiro João Batista de Andrade.

Plano de aula construído por
Rodrigo Dias (Uberlândia / MG)

Objetivos

O objetivo geral da aula é estabelecer um diálogo entre a sétima arte e a disciplina histórica de modo a verificar as contribuições do filme "Céu Aberto" (1985) para o estudo do processo de transição política que colocou um fim à Ditadura Civil-Militar Brasileira. Para além desse objetivo geral, há ainda objetivos específicos que a aula pretende atingir, a saber: a) entender o processo da formação política de João Batista de Andrade, a fim de salientar como foi formado o estilo do cineasta; b) estabelecer o diálogo entre o documentário Céu Aberto e a bibliografia especializada a respeito da História recente do Brasil, bibliografia essa que será disponibilizada aos alunos (recomenda-se que o professor tenha abordado o tema da Ditadura Civil-Militar Brasileira de maneira mais aprofundada em aulas anteriores); c) compreender como o político Tancredo Neves é representado no filme; d) analisar como o povo brasileiro aparece em "Céu Aberto"; e) compreender a complexidade do contexto de produção da obra (anos 1980); f) refletir acerca dos marcos que delimitam o período da Ditadura no Brasil.

Requisitos

Computador, Data Show, Caixas de som, DVD do filme "Céu Aberto", críticas de jornais a respeito do filme, biografia do cineasta João Batista de Andrade e bibliografia (textos) a respeito da História recente do Brasil. Os alunos devem fazer uma pesquisa prévia sobre o cineasta João Batista de Andrade.

Avaliação

A avaliação constará de um questionário a respeito do filme que deverá ser respondido pelos alunos. Este questionário deve ser feito em casa após a aula e entregue ao professor na aula seguinte. Questões propostas para o questionário:

1) Você gostou do filme? Por quê?

2) Qual parte do filme você mais gostou? E qual parte você menos gostou? Justifique suas respostas.

3) Na sua opinião, o filme elabora uma imagem positiva ou negativa do político mineiro Tancredo Neves? Justifique.

4) Como o povo brasileiro aparece no filme?

5) Quais são os projetos políticos de futuro que aparecem no filme?

6) O que você pensa a respeito da fala do General Newton Cruz segundo a qual "não houve militares na política brasileira"?

7) O documentário se parece com uma reportagem de telejornal? Justifique sua resposta.

8) O diretor do filme, o cineasta João Batista de Andrade, teve uma trajetória de luta contra a Ditadura Brasileira (1964-1985), luta essa travada no campo do cinema. Qual sua opinião a respeito da forma como o documentarista filmou o fim do período ditatorial? "Céu Aberto" é um filme otimista ou pessimista em relação ao futuro do Brasil? Justifique sua resposta.

1
10
min

Exposição Oral por parte do professor

Apresentar o tema da aula. Mencionar a trajetória do cineasta brasileiro João Batista de Andrade e como ela está inserida na História recente do Brasil. Falar sobre os aspectos da abertura política iniciada nos anos 1970 que levou ao fim da Ditadura Civil-Militar Brasileira (1964-1985).

2
5
min

Exposição Oral por parte do professor

Falar a respeito do contexto de produção do documentário "Céu Aberto" (1985).

3
30
min

Vídeo/Música/Imagem

Exibição de trechos do filme "Céu Aberto" (DVD).

4
20
min

Leitura de texto em sala de aula

Leitura de críticas e matérias de jornais e revista da época a respeito do filme. Os alunos serão divididos em grupos, sendo que cada um destes grupos fará a leitura de um dos textos.

Material sugerido:

CUNHA, Wilson. Um olhar que recusa o óbvio. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, Caderno B, p. 4, c. 1-3, 27 Nov. 1985. [Ver Link ao lado].

EWALD FILHO, Rubens. “Céu Aberto”. Inteligência, “cabeça aberta”. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 Mar. 1986. [Ver Link ao lado].

JOÃO BATISTA E o episódio de Tancredo. Zero Hora, Porto Alegre, 29 Maio 1985. [Ver Link ao lado].

MAFRA, Antonio. Filme sobre Tancredo está na competição. O Globo, Rio de Janeiro, 20 Nov. 1985. [Ver Link ao lado].

MILLARCH, Aramis. Os momentos de Tancredo e os vídeos no II FestRio. O Estado do Paraná, Curitiba, 28 Nov. 1985. [Ver Link ao lado].

PEREIRA, Edmar. Céu Aberto, a recusa de cortejar o óbvio. Jornal da Tarde, São Paulo, 20 Mar. 1986. [Ver Link ao lado].

ROGATTO, Marcos. Passado recente. Veja, São Paulo, n. 915, 19 Mar. 1986. [Ver Link ao lado].

TANCREDO NEVES EM filme. Estado de Minas, Belo Horizonte, 4 Jun. 1985. [Ver Link ao lado].

Arquivos e links
5
35
min

Atividade oral envolvendo a classe (perguntas/respostas/debate)

Promover um debate com os alunos a respeito do filme "Céu Aberto". Estimular os alunos a manifestarem oralmente as suas opiniões pessoais sobre o filme. Perguntar aos estudantes o que eles pensam acerca da forma como o filme foi recebido pela crítica na época e do modo como o cineasta falou do filme na imprensa do período. Estabelecer um diálogo com os alunos a respeito da redemocratização do país - qual seria o marco definidor do fim da Ditadura no Brasil? Qual foram os papéis dos civis e dos militares naquele processo? Como tais personagens aparecem no filme?

A partir desse debate, será proposto aos alunos como uma tarefa de casa que eles respondam individualmente o Questionário (ver campo "Avaliação") em casa e o entreguem ao professor na aula seguinte.